1807 pb.jpg

SOBRE MIM

João Thiago (Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil)
Me formo em fotografia pelo curso livre da Universidade de São Paulo em 2000, mesmo ano em que começo a trabalhar como monitor no Museu de Arte da cidade de Ribeirão Preto onde tive meu primeiro contato com renomados artistas e críticos de arte brasileiros. Após esse acumulo de experiências passo a fotografar tendo como principal direcionamento a fotografia autoral, primeiro em formato tradicional em preto e branco com destaque para a série “Bahia em branco e preto” iniciada em 2002 na vila de Trancoso e arredores, na região sul da Bahia; e em duas edições da Mostra de Artes da Juventude em Ribeirão Preto, sendo premiado em 2006 com a exposição individual “Oníricas” atuando conjuntamente como orientador em uma vivência sobre colagem digital. Ainda em Ribeirão atuei como orientador em três oficinas, duas sobre fotografia e uma sobre videodocumentários.
Moro na Bahia entre 2005 e 2010, nesse período vendo em galerias, trabalho como professor de artes visuais para crianças, e também produzo o Festival Entre Santos de Cinema em Trancoso (BA) por dois anos. Nesse período faço minha primeira exposição no exterior, no Festival Brasil Noar em 2009, realizada no Consulado do Brasil em Barcelona ao lado de outros fotógrafos, entre eles o fotógrafo brasileiro Araquém Alcântara.
A partir de 2011, retomo a série sobre uma festa católica de características pagãs chamadas de Folias de Reis, inspirada na história dos três reis, num encontro anual que acontece em Ribeirão Preto, onde tento mostrar alguns traços mais atuais segundo o que eu já li e ví a respeito do tema, com imagens sobre a transferência de uma cultura do meio rural que se apresenta no meio urbano, seus personagens, o elemento feminino na festa muito presente nos figurinos, o início da participação das mulheres como integrantes das companhias... Entre os personagens há destaque para o palhaço que é um personagem “mítico” da encenação. 
Nesse mesmo ano começo a viajar pela América do Sul num projeto autoral chamado Sulamérica passando por vários países do nosso continente, ora vistos por suas incríveis paisagens, seguindo caminhos trilhados por culturas antigas em nosso continente, ora vistos através da relação entre o homem contemporâneo e seu meio. Nessa série desenvolvo a prática do fotógrafo-viajante, que registra o dia a dia nos caminhos por onde ele passa com sua câmera.
Em 2015, exponho as primeiras fotos do projeto Sulamérica, que juntamente com a série Folia de Reis integram um programa brasileiro de exposições chamado “Exposições Itinerantes”, que compreende a circulação de acervos fotográficos por 5 anos e é um dos maiores programas nesse formato no Brasil.
Nesse mesmo ano inicio um novo projeto autoral chamado Machine Head... um diálogo entre máquinas e ambientes monumentais em zonas portuárias revitalizadas na América do Sul.
Entre 2016 e 2018 exponho em diversas cidades pelo projeto Exposições Itinerantes em unidades do Sesi no interior do estado de São Paulo e também participo como palestrante no projeto chamado Diálogos Artísticos.
Paralelamente aos projetos autorais também atuo como fotógrafo freelance, colaborador em sites, banco de imagens e publicações independentes.

© Copyright João Thiago